Please use this identifier to cite or link to this item: http://rima.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/5356
Title: Caracterização da chuva de sementes em uma área em recuperação na Ilha da Marambaia, Mangaratiba, Rio de Janeiro
Authors: Costa, Alan de Boni
Nunes-Freitas, André Felippe
Nunes-Freitas, André Felippe;Pires, Alexandra;Breier, Tiago Böer
Keywords: Técnicas nucleadores;Chuva de sementes;Mata Atlântica;Síndromes de dispersão;Floresta Atlântica
Issue Date: 8-Dec-2010
Abstract: O monitoramento da chuva de sementes em áreas degradadas é essencial para compreender a dinâmica da regeneração em áreas tropicais. Os poleiros artificiais podem ser usados como uma técnica de monitoramento, apresentando menor custo de implantação, avaliando com eficiência a deposição de sementes e funcionando como nucleadores de diversidade, acelerando a sucessão ecológica em paisagens alteradas, agindo como um “gatilho ecológico”. Este estudo usou esta técnica em um trecho em regeneração na Ilha da Marambaia, Mangaratiba, RJ, analisando a chuva de sementes ao longo de 12 meses. Foram instalados 24 poleiros artificiais em uma área de pasto abandonado, organizados em quatro linhas distantes 30m uma da outra, além de coletores testemunhos alocados entre os poleiros. Mensalmente, os coletores foram vistoriados, tendo o material coletado, triado e classificado. Para cada amostra foi calculada a abundância, a freqüência total e por morfoespécie e a riqueza. Foram coletados 17.488 diásporos (1457,3 + 428,6 diásporos/mês). Foram identificadas 45 morfoespécies, sendo 16 anemocóricas (35, 6%), 19 zoocóricas (42,2%) e 10 autocóricas (22,2%). A maior parte dos diásporos apresentou síndrome para anemocoria (N = 8.543; 48,9%), seguidas pelas autocóricas (5.728; 32,8%) e zoocóricas (3.217; 18,4%). A forma de vida predominante foi a herbácea representando (49,1 %) do total de diásporos e o estágio sucessional dominante foi de espécies pioneiras com (80,9%) do total dos diásporos. A chuva de sementes das três síndromes apresentou padrões diferentes com relação à abundância e riqueza de diásporos, sendo estas elevadas, possivelmente devido ao tamanho e diversidade do fragmento fonte.
URI: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/5356
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Seropédica)

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alan Boni.pdf1.08 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.