Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/3169
Title: Mergulhando na educação: o uso da trilha virtual por monitores da educação básica na construção de conhecimento e divulgação científica
Authors: Vinhaes, Iuri Régis Di Maio
metadata.dc.contributor.advisor: Oliveira, Valéria Marques de
metadata.dc.contributor.members: Oliveira, Valéria Marques de
Alves, Priscila Pires
Pinto, Benjamin Carvalho Teixeira
Keywords: Educação ambiental crítica
Pesquisa-ação
Material didático
Educação não formal
Issue Date: 12-Dec-2014
Abstract: No meio acadêmico, especialistas em educação costumam apontar a fragmentação do ensino como uma das barreiras mais comuns à educação escolar, pois ela é capaz de tirar o sentido de qualquer ação pedagógica. Neste contexto, os departamentos de Botânica e Psicologia da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro uniram forças para executar um projeto de pesquisa e extensão. Com intuito de mitigar as consequências da fragmentação do ensino, empregou-se a pesquisa-ação associada à educação ambiental crítica visando estimular a aprendizagem significativa. Para tanto, em 2011, foi implementado, no CIEP Brizolão 155 Maria Joaquina de Oliveira, um projeto-piloto (denominado Mergulhando na Educação de Seropédica) que levou 25 alunos do Ensino Médio para conhecerem o ambiente marinho da Ilha de Itacuruçá. Foi realizada uma atividade prática de mergulho (trilha subaquática) como deflagradora do ensino interdisciplinar em um ambiente de educação não formal. Em 2013, através do financiamento da FAPERJ, o projeto foi realizado em Ilha Grande, Angra dos Reis/RJ, atingindo 63 alunos do CIEP 155 - a maior parte do primeiro ano do Ensino Médio. Diferentemente da primeira etapa do projeto (em 2011), esta abrangeu não só uma trilha subaquática, mas também uma trilha terrestre e a produção de um material didático (história em quadrinhos em formato de painéis) denominado de Trilha Virtual. Objetivando ampliar o impacto na comunidade escolar, em 2014, desenvolve-se uma exposição - na escola já citada - com estes painéis em parceria com dois alunos que participaram no ano anterior da atividade em Ilha Grande. O presente trabalho avalia a atividade conjunta de idealização, organização, produção e exposição do material pedagógico como promotora da construção do conhecimento e fomentadora de divulgadores científicos. Com esse intuito, foram marcados oito encontros de duas horas (em média) no CIEP 155 e na UFRRJ com os dois alunos voluntários (denominados de monitores). Em todos os encontros utilizou-se diário de campo, assim como gravador de vídeo e/ou áudio como recursos para o registro das atividades. A transcrição e a análise de todos os dados coletados permitiram a constatação de que o método de trabalho conjunto desencadeou nos monitores o interesse e a curiosidade pelo conhecimento científico e sua divulgação. Também observou-se atitudes que indicavam engajamento e comprometimento consideráveis dos monitores durante todo o processo de trabalho. A construção do conhecimento se deu baseado em uma postura dialógica colaborativa. Foi perceptível a apropriação, acomodação e transformação do conhecimento acadêmico por parte dos monitores.
URI: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/3169
Appears in Collections:Monografias do Curso de Biologia

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Iuri Régis Di Maio VInhaes - DEZ 20144,25 MBAdobe PDFAbra o vídeo


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.