Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/3123
Title: Abordagem metodológica para avaliação do manejo de sistemas agroflorestais
Authors: Moreira, Ramon Pittizer
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Eduardo Vinícius da
metadata.dc.contributor.members: Silva, Eduardo Vinícius da
Santos, Flávio Augusto Monteiro dos
Tavares, Patrícia Dias
Keywords: Sistemas agroflorestais
Agroecologia
Agrofloresta
Tecnologias alternativas sustentáveis
Issue Date: 1-Dec-2016
Abstract: Os Sistemas Agroflorestais (SAF) são uma forma alternativa de produção sustentável que concilia a produção de alimentos com a conservação ambiental e quem tem sido utilizado por diferentes agrupamentos humanos ao longo da história da humanidade. Apesar da importância histórica e de seus predicativos sustentáveis, os estudos técnico-científicos relacionados aos SAFs são escassos se comparados com os modelos de produção convencionais. Visando contribuir com os estudos relacionados a esta temática, foi proposta uma abordagem metodológica para avaliação do manejo de sistemas agroflorestais. Para tanto, foram selecionados vinte técnico-produtivos que contemplam sessenta e cinco itens verificadores. Estes deram base para a estruturação dos roteiros de entrevista semiestruturada e avaliações de campo dividido em duas etapas. A primeira etapa da visita de campo composta por uma observação da área e do questionário de avaliação contendo onze itens com notas de 1 a 5. As notas foram apresentadas por meio de gráfico do tipo radar, formando um polígono cuja área representa a qualidade do sistema agroflorestal. A etapa seguinte consiste na alocação de parcelas de 100 m² para coleta de dados de nove indicadores técnicos. Para avaliação da metodologia, esta foi aplicada em duas agroflorestas multiestratificadas de um agricultor residente na cidade de Paraty-RJ. Os dados coletados na entrevista registraram, de maneira geral, resultados adequados às perguntas, contudo, alguns itens do roteiro não obtiveram respostas ou não garantiram adequação ao conteúdo. As notas do questionário geraram um polígono de grande área no gráfico radar, demonstrando qualidade no manejo dos SAFs. Nas parcelas podemos destacar bons resultados para a conservação do solo, para diversidade e a estratificação do sistema. Dos sessenta e cinco descritores, cinquenta e três obtiveram respostas para os itens, oito não obtiveram respostas e quatro não obtiveram respostas adequadas. A proposta de metodologia foi considera adequada para avaliação dos indicadores técnicos de sustentabilidade. Há a necessidade de reavaliar e modificar os itens que não garantiram respostas para seus respectivos indicadores. A dimensão produtiva da sustentabilidade na avaliação foi desconsiderada, necessitando a inclusão de indicadores para esse quesito.
URI: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/3123
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Seropédica)

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia Ramon Pittizer Moreira.pdf2,22 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.