Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2978
Title: Estudo da fragmentação florestal na Mata Atlântica com base em princípios da ecologia da paisagem: subsídio à elaboração do Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica em Niterói - RJ
Authors: Santos, Pedro Zanetti Freire
metadata.dc.contributor.advisor: Cavalcanti, Francisco José de Barros
metadata.dc.contributor.members: Cavalcanti, Francisco José de Barros
Magalhães, Luis Mauro Sampaio
Mendonça, Bruno Araujo Furtado de
Keywords: Fragmentos florestais
Fragmentação
Ecologia de paisagem
Unidades de conservação
Issue Date: 18-Nov-2014
Abstract: O presente trabalho teve como objetivo elaborar um diagnóstico dos fragmentos florestais do município de Niterói com base em princípios da ecologia da paisagem, buscando subsidiar a elaboração do seu Plano Municipal de conservação e recuperação da Mata Atlântica. Para identificação dos fragmentos florestais foi realizada a digitalização dos remanescentes via tela na escala padrão 1:1.000 no aplicativo computacional ArcGis 10.2.1 através do mosaico de imagens wordview 2.0 de 2012, com resolução de pixel de 0,5m, sendo elaborado um arquivo vetorial poligonal para as classes de fragmento florestal. No total foram mapeados 179 fragmentos abrangendo 38,82% do município, onde 29,21% destes estão concentrados em 5 fragmentos. O passo seguinte foi identicar a relação entre as áreas protegidas do municipio e os fragmentos florestais. Assim, identificamos que 65,4% dos fragmentos estão protegidos por alguma Unidade de Conservação (UC). Para definição dos fragmentos prioritários para conservação foram adotados critérios relacionadas à paisagem, assim como o fato dos fragmentos estarem inseridos em uma UC ou não. Com isso identificamos que a região de Pendotiba concentra os fragmentos prioritários para conservação, as regiões Norte e Praias da Baía devido a alta fragmentação devem priorizar medidas de recuperação, a região Oceânica deve implementar suas UC e melhorar o uso público buscando interação forte com o turismo e o esporte de aventura, explorando a integração das diversas paisagens (lago, praia, montanha, floresta, mangue e restinga). Já a região Leste deve priorizar o fomento a pesquisa e geração de renda com sistemas de produção alternativos, como os sistemas agroflorestais. Observou-se também a possibilidade de formação de mosaicos de áreas protegidas com os municípios vizinhos, São Gonçalo e Maricá.
URI: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2978
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Seropédica)

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia Pedro Zanetti.pdf7,01 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.