Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2955
Title: Uso e seleção de espécies arbóreas nativas na conservação e manejo de agroecossistemas
Authors: Ramos, Guilherme de Souza
metadata.dc.contributor.advisor: Uzêda, Mariella Camardelli
metadata.dc.contributor.members: Uzêda, Mariella Camardelli
Silva, Eduardo Vinícius da
Iguatemy, Mariana de Andrade
Keywords: Espécies arbóreas nativas
Agrobiodiversidade
Ecologia de paisagem
Paisagem agrícola
Práticas agroflorestais
Issue Date: 26-Nov-2014
Abstract: A fragmentação da paisagem rural da Mata Atlântica se deu pela expansão de sistemas de produção agrícola e pecuário, baseado no uso intensivo dos recursos naturais e na retirada da cobertura arbórea nativa. Essas atividades acabam por deteriorar a biodiversidade local e os serviços ambientais essenciais para o manejo ecológico dos agroecossistemas. Nesse sentido a inserção do elemento arbóreo surge como alternativa para a intensificação ecológica dos sistemas produtivos, porém esbarra na ausência de informações a respeito de suas possibilidades de uso. O presente trabalho teve como objetivo criar uma ferramenta de suporte a decisão para inserção de espécies de árvores nativas em espaços de produção agrícola. A seleção das espécies foi feita com base na adequação as diferentes condições ambientais e associado a um uso econômico que permita à geração de renda a agricultura familiar. A partir das espécies de uso econômico encontradas nos fragmentos da bacia hidrográfica Guapi–Macacu, um levantamento bibliográfico e um estudo etnobotânico foram utilizados para, e caracteriza-las quanto a sua ecologia, adaptação as condições ambientais e acessibilidade de mudas no mercado. Essas informações foram utilizadas no estabelecimento de critérios que selecionou espécies para cinco finalidades (Madeira, Frutíferas, Fertilização do solo, Cerca viva de potencial melífero e Enriquecimento de capoeira) adequadas as diferentes condições de sítio encontradas no assentamento São José da Boa Morte. O processo investigativo encontrou 80 espécies com ao menos um potencial de uso econômico, sendo o uso madeireiro o mais abundante (70 espécies), seguido da comercialização de sementes (53), Apicultura (40) Medicinal (38), e Alimentação humana (19). A cobertura arbórea distribuída na paisagem agrícola favorece a permeabilidade da matriz agrícola, os serviços ecossistêmicos e possibilita a exploração de bens e serviços fornecidos pela biodiversidade e que podem servir como alternativa de renda e subsistência para agricultura familiar.
URI: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2955
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Seropédica)

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia Guilherme de Souza Ramos.pdf1,94 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.