Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2853
Title: Caracterização da matéria orgânica de diferentes formações florestais na Reserva Nacional da Vale, Linhares-ES
Authors: Medeiros, Victor Satiro de
metadata.dc.contributor.advisor: Pereira, Marcos Gervasio
metadata.dc.contributor.members: Pereira, Marcos Gervasio
Loss, Arcângelo
Pinheiro, Erika Flávia Machado
Keywords: Carbono orgânico
Matéria orgânica particulada
Mussununga
Issue Date: 12-Dec-2008
Abstract: Este estudo teve como objetivo, caracterizar a matéria orgânica de um NEOSSOLO QUARTZARÊNICO e um ARGISSOLO AMARELO sob Mata de Mussununga e Floresta de Tabuleiro, respectivamente, na Reserva da Vale no município de Linhares, Espírito Santo. Foram abertas duas trincheiras em cada área, sendo coletados amostras de solos nas profundidades de 0-5, 5-10, 10-20, 20-40 e 40-60 cm, com duas repetições por trincheira. Nas amostras foram quantificados o carbono orgânico total do solo (COT) e realizado o fracionamento granulométrico, obtendo-se as frações matéria orgânica particulada (MOP) e matéria orgânica mineral (MOM), também realizou-se o fracionamento químico, separando as frações: ácidos humicos (FAH); ácido fulvicos (FAF) e humina (HUM). Posteriormente, determinou-se o carbono por oxidação nas frações granulométricas e humicas. Os teores de COT variaram entre 5,24 e 20,59 g kg -1 , para a área de ARGISSOLO, e entre 3,11 e 36,03 g kg -1, na área de NEOSSOLO QUARTZARÊNICO. Os maiores valores da matéria orgânica particulada (MOP), foram verificados nas camadas superficiais na área de Mussununga. Quanto às substâncias húmicas, a humina representou a maior parte dentre ás demais frações, variando entre 1,33 e 13,04 g kg -1 , para o ARGISSOLO AMARELO e 2,07 e 20,24 g kg -1, para o NEOSSOLO QUARTZARÊNICO. De maneira geral, os valores de matéria orgânica foram baixos, principalmente por ambos os solos apresentarem baixo conteúdo de argila. O alto percentual das substâncias húmica, cerca de 88% do COT, indica que às áreas estudadas possuem alta estabilidade da matéria orgânica, sendo a fração humina predominante e principal componente influenciador nesse processo.
URI: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2853
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Seropédica)

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia_Victor.pdf1,44 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.