Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2790
Title: Avaliação da eficácia da Resolução CONAMA 06/94 utilizada na classificação dos estádios sucessionais dos fragmentos de floresta secundária existentes na faixa de servidão da diretriz do Arco Metropolitano Rodoviário do Rio de Janeiro
Authors: Baptista, Marcelle Nardelli
metadata.dc.contributor.advisor: Amorim, Hugo Barbosa
metadata.dc.contributor.members: Amorim, Hugo Barbosa
Passos, Carlos Alberto Moraes
Silva, José de Arimatéa
Keywords: Fitossociologia
Florestas secundárias
Resolução CONAMA 06/94
Issue Date: 10-Dec-2008
Abstract: Esse trabalho visou avaliar a eficácia da resolução CONAMA 06/94 para classificar a vegetação dos fragmentos de florestas secundárias existentes na faixa de servidão da diretriz do Arco Metropolitano Rodoviário do Rio de Janeiro e a utilização dos parâmetros fitossociológicos para aperfeiçoa-la. Os dados utilizados no trabalho originaram-se do Inventário Florestal e Fitossociológico realizado para a obtenção da autorização para supressão da vegetação. Foram selecionados dezesseis locais amostrados (unidades amostrais e censos), sendo oito classificados como pertencentes ao estádio inicial e oito ao estádio médio, utilizando os parâmetros da resolução CONAMA 06/94. Um exame mais detalhado da resolução evidenciou algumas insconsistências, entre elas: não caracteriza vegetações pioneiras e de clímax, se limitando a florestas secundárias; utiliza o critério de plantas indicadoras, que não pondera a diversidade de ambientes que possui o Estado e não é consenso entre os botânicos; subsídios para identificação do estádio são muito vagos e de difícil mensuração em campo; não apresenta uma continuidade nos parâmetros mensuráveis e oferece texto confuso, podendo haver diferentes interpretações. Foram calculados os parâmetros fitosssociológicos de cada estádio sucessional para caracterizar as estruturas horizontal e vertical, além dos índices de diversidade (Índice de Shannon-Wiener, Índice de Simpson, Equabilidade de Pielou e Coeficiente de Mistura Jentsen). A espécie mais presente, em ambos os estádios, foi a Gochnatia polymorpha, com 64,29% e 28,45% de densidade nos estádios inicial e médio, respectivamente. Essa espécie também se destacou pelos maiores valores de VI e VC nas estruturas vertical e horizontal. No estádio inicial, a média dos diâmetros foi de 9 cm, altura média 7 m. No estádio médio, obteve-se 12 cm de média dos diâmetro e 6,3 de altura. Quanto à eficácia da resolução, concluiu-se que a mesma tem validade para uma classificação de âmbito genérico.Os índices fitossociológicos apresentaram coerência, considerando o estádio médio com diversidade maior e dominância menor da principal espécie, que o estádio inicial. O emprego dos índices fitossociológicos visando aperfeiçoar a classificação dos estádios sucessionais, apresentou possibilidades que merecem estudos mais detalhados.
URI: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2790
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Seropédica)

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia_Marcelle.pdf8,5 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.