Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2770
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPereira, Carlos Rodrigues-
dc.contributor.authorVilela, Ana Laura Mira-
dc.date.accessioned2018-07-24T13:44:49Z-
dc.date.available2018-07-24T13:44:49Z-
dc.date.issued2008-12-17-
dc.identifier.urihttp://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2770-
dc.description.abstractEste trabalho teve como objetivo ampliar os conhecimentos sobre as necessidades hídricas de três espécies nativas de Mata Atlântica, analisando os fenômenos de emergência e o crescimento inicial. As espécies florestais Caesalpinia peltophoroides Benth (Sibipiruna), Plathymenia reticulata Benth. (Vinhático) e Chorisia speciosa St.-Hill (Paineira Rosa) foram submetidas a três intervalos de irrigação, ou seja, de 12, 24 e 72 horas. A emergência variou entre as espécies, sendo o vinhático a planta que demonstrou menor emergência. Para verificação da partição de fotoassimilados, ao final do período de observação foram amostradas oito plantas de cada espécie por tratamento para a obtenção dos dados de matéria seca da raiz, do caule e das folhas. A sibipiruna apresentou um maior comprimento de raiz no tratamento com intervalo de 72 horas de irrigação, enquanto a paineira e o vinhático não apresentaram diferenças em relação ao comprimento de raiz, caule e folha, analisadas neste intervalo.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectCaesalpinia peltophoroidespt_BR
dc.subjectProdução de mudaspt_BR
dc.subjectPlathymenia reticulatapt_BR
dc.subjectChorisia speciosapt_BR
dc.subjectEstresse hídricopt_BR
dc.titleGerminação e crescimento inicial de três espécies nativas de Mata Atlântica, sob diferentes intervalos de irrigaçãopt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.contributor.membersPereira, Carlos Rodrigues-
dc.contributor.membersGoi, Silvia Regina-
dc.contributor.membersSouza, Natália Dias de-
dc.degree.levelbachareladopt_BR
dc.description.abstractOtherThis study aimed to know the water requirements of three Atlantic Forest native species, analyzing the phenomena of emergence and early growth. The forest species Caesalpinia peltophoroides Benth (sibipiruna), Plathymenia reticulata Benth. (Vinhático) and Chorisia speciosa St.-Hill (Paineira Rosa) were subjected to three irrigation periods: 12, 24 and 72 hours. The emergence ranged beturen species, Plathymenia reticulate buing the plant that had the lowest emergency. To verify the partition of photoassimilates at the end of the observation period, eight plants of each species were sampled per tratment to obtain the dry matter of root, stem and leaves. The species Caesalpinia peltophoroides Benth showed a greates root length in the 72 hours irrigation, while the other species did not present differences in the length of the analyzed in the period.pt_BR
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Seropédica)

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia_AnaLaura.pdf678,87 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.