Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/1600
Title: Sedimento e comunidades de peixes como indicadores da qualidade ambiental em praias insulares e continentais na Baía de Sepetiba, RJ
Authors: Santos, André Luiz Balbino dos
metadata.dc.contributor.advisor: Araújo, Francisco Gérson
metadata.dc.contributor.members: Araújo, Francisco Gérson
Oshiro, Lidia Myako Yoshii
Simão, Sheila Marino
Keywords: Qualidade ambiental
Ictofauna
Sedimento
Issue Date: Aug-2007
Abstract: A rápida destruição de habitats, causada pelo crescimento populacional e expansão econômica, torna cada vez mais urgente à necessidade de conhecer a diversidade biológica em seus mais amplos níveis, para que possam ser traçados planos de monitoramento e proteção ambiental. Neste sentido, o monitoramento biológico é essencial para identificar respostas do ambiente aos impactos causados pela ação antrópica. O presente trabalho visa avaliar a qualidade ambiental na Ilhas e Manguezais na Baia de Sepetiba através da caracterização da ictiofauna (bio-indicador) e analise química do sedimento superficial. Também três índices de diversidade foram utilizados visando à descrição da estrutura da comunidade de peixes ao longo de um gradiente de hidro-dinamismo: 1) setores expostos, 2) semi-expostos e 3) abrigados. A avaliação da qualidade ambiental foi comparada entre os três setores, bem como foram determinadas eventuais influências dos fatores ambientais. Um programa de amostragens mensais de arrasto de praia foi realizado entre junho de 2006 à maio de 2007. As amostras foram tomadas em triplicatas, juntamente com amostragens das variáveis ambientais de temperatura da água, salinidade, transparência, profundidade e sedimentares. Através da adaptação do Índice de Integridade Biótica Estuarino (IBE) na Baia de Sepetiba, foram selecionados 7 atributos da ictiofauna para o cálculo do índice, bem como 6 variáveis da química do sedimento para correlação/validação do mesmo. Os resultados do Índice Biótico estuarina coincidiram com as diferentes qualidades de habitat, propostas pelos parâmetros tradicionais de avaliação de qualidade. O setor abrigado foi o que apresentou melhores qualidades ambientais, com avaliação de qualidade intermediária em todas as estações do ano, com exceção do verão; por outro lado, as menores qualidades ambientais foram determinadas para o setor semi-exposto, o que foi associado ao extresse de mais baixas salinidades e possíveis influências de poluentes trazidos pelos rios e canais contribuintes da baia.
URI: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/1600
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Seropédica)

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia_Andre_Luiz_Balbino_dos_Santos.pdf441,79 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.