Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/1598
Title: Avaliação das propriedades químicas, físicas e biológicas em solos de uma toposseqüência sob cobertura de eucalipto no Campus da UFRRJ
Authors: Azevedo, Aline Dasmaceno de
metadata.dc.contributor.advisor: Pereira, Marcos Gervasio
metadata.dc.contributor.members: Pereira, Marcos Gervasio
Correia, Maria Elizabeth Fernandes
Ravelli Neto, Alexandre
Keywords: Solos florestais
Classes de solo
Eucalipto
Classificação de solos
Issue Date: Aug-2007
Abstract: A rápida expansão da atividade florestal para fins comerciais e a produção em larga escala pela crescente demanda da matéria-prima madeireira tornou necessário a realização de estudos que aprimorassem a grande produção e garantissem o suprimento de tal demanda. Um dos principais gêneros utilizados para o reflorestamento hoje no Brasil e no mundo é o eucalipto, principalmente por sua boa produtividade e capacidade de adaptação a diversas condições de ambiente. Entretanto, torna-se fundamental que se estabeleça a qualidade do ambiente nos plantios comerciais, que se conheçam as condições de desenvolvimento da cultura e sua relação com o ambiente em que está se desenvolvendo. Esta pesquisa foi realizada com o objetivo de avaliar o comportamento dos principais indicadores que podem contribuir para se observar um padrão de qualidade em diferentes tipos de solos, sob uma cobertura florestal homogênea de Eucalyptus urophylla. Este trabalho foi realizado em uma toposseqüência com plantio de eucalipto, em três diferentes porções da paisagem e uma classe de solo diferente para cada terço desta paisagem: no Terço Superior, ARGISSOLO VERMELHO-AMARELO; Terço Médio, ARGISSOLO AMARELO e Terço Inferior, PLANOSSOLO HÁPLICO. Esperava-se que ocorresse diferença no comportamento entre os atributos físicos, químicos e biológicos de acordo com cada classe de solo. Na classe de solo ARGISSOLO VERMELHO-AMARELO estes atributos apresentaram comportamento diferente quando comparado às outras classes de solo devido à sua posição na paisagem e condição textural, o que lhe confere boas condições de drenagem, de estrutura e, conseqüentemente, maior proteção aos nutrientes e ao desenvolvimento dos microrganismos. Já pela análise conjunta das propriedades dos três atributos (químicos, físicos e biológicos) pode-se constatar que o solo mais indicado para o desenvolvimento da cultura, é o encontrado no terço superior da toposseqüência, ou seja, a classe de solo ARGISSOLO VERMELHO-AMARELO, tendo em vista que culturas florestais como a do eucalipto apresentam um bom desenvolvimento e boa produtividade sob condições de relevo com boa drenagem e solo com boa estruturação, bem como sua relação com a oferta de nutrientes e a fundamental associação simbiótica com fungos micorrízicos.
URI: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/1598
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Seropédica)

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia_Aline_Damasceno.pdf1,87 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.