Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/1587
Title: Aporte de serrapilheira e nutrientes em fragmentos florestais da Mata Atlântica, Rio de Janeiro
Authors: Gomes, Juvenal Martins
metadata.dc.contributor.advisor: Piña-Rodrigues, Fátima
Pereira, Marcos Gervasio
metadata.dc.contributor.members: Piña-Rodrigues, Fátima
Freitas, André Felippe Nunes de
Pereira, Marcos Gervasio
Keywords: Fragmentação
Material decíduo
Ciclagem de nutrientes
Indicadores bióticos
Issue Date: 2007
Abstract: A fragmentação florestal acarreta em grandes mudanças na estrutura e dinâmica das florestas, porém, poucos são os estudos sobre a influência da fragmentação na produção e deposição de serrapilheira. O objetivo do trabalho foi avaliar a deposição de serrapilheira e a transferência de nutrientes submetida aos efeitos da fragmentação, em quatro fragmentos de floresta atlântica, no município de Teresópolis-RJ, considerando seu grau de isolamento (distância) e tamanho. Em cada um dos fragmentos isolados (F3= 3.2 ha; F4= 62 ha) e conectados (F2 = 8 ha; F1= 23 ha) de diferentes tamanhos foram instaladas 16 coletores a quatro diferentes distâncias da borda, e o material depositado foi coletado mensalmente durante 11 meses do ano de 2004. O aporte de serrapilheira foi determinado por meio de coletores cônicos, e o estoque de nutrientes, no compartimento folha foi avaliado quanto aos estoques de cálcio, magnésio, fósforo e potássio. Os fragmentos depositaram em média 4,9 t/ha de material decíduo durante o estudo, dos quais 69,4% corresponderam a folhas, 14,2% a galhos, 6,4% de material reprodutivo e 10% de resíduos. O tamanho e a distância dos fragmentos, assim como a distância das parcelas em relação a borda, não apresentaram diferenças significativas. A maior deposição de serrapilheira, 6074,41 Kg.ha-1, ocorreu no fragmento F2, no inicio da estação chuvosa. Em ambas as áreas, a maior contribuição foi das folhas. Anualmente a contribuição média de nutrientes devolvidas para o solo nas áreas de estudo através do aporte de serrapilheira é 71.64 Kg.ha-1 de Ca, 15.57 Kg.ha-1 de Mg, 3.05 Kg.ha-1 de P e 16.17 Kg.ha-1 K.
URI: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/1587
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Seropédica)

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia Juvenal Gomes.pdf842,56 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.